Dermatologia pediátrica

O dermatologista está capacitado para diagnosticar e tratar as doenças de pele nas crianças. Alergias, micoses, viroses e pintas merecem cuidados especializados. A pele das crianças é mais delicada do que a dos adultos, porque é mais fina, mais sensível ao calor e à luz ultravioleta.

São comuns as assaduras: irritação causada pelo contato prolongado da urina e/ou fezes com a pele, principalmente nas áreas de dobras.

Miliária, popularmente conhecida como brotoeja, ocorre quando agasalhamos demais a criança, que apresenta glândulas sudoríparas imaturas, dificultando o controle térmico.

dermatite atópica também ocorre frequentemente em crianças e se manifesta por surtos de lesões cutâneas que acometem principalmente as dobras. O quadro cursa com prurido intenso (coceira) e pode estar associado a outras formas de atopia, como a rinite alérgica e a asma.

Alergia a picadas de insetos (estrófulo) manifesta-se por lesões avermelhadas muito pruriginosas em várias regiões do corpo, inclusive em locais onde não ocorreram picadas. Manchas escuras e cicatrizes podem ficar como sequelas, principalmente nas pernas e quando a criança coça as lesões intensamente.

Molusco contagioso é causado por um vírus, que pode ser transmitido pelo contato de uma criança infectada para outra. Manifesta-se por pequenas pápulas (bolinhas) rosadas ou esbranquiçadas, que podem se espalhar na pele, levando a irritações no local ou mesmo infecção bacteriana secundária. Algumas vezes o molusco pode regredir espontaneamente, mas o melhor tratamento é a curetagem, um tipo de “raspagem” que elimina as lesões.

São cuidados importantes para as crianças: banhos rápidos com água morna e sabonetes neutros, evitar esponjas e sempre usar hidratante após o banho. Utilizar roupas adequadas à temperatura, evitando agasalhos excessivos e, preferencialmente, tecidos de algodão. Utilizar protetores solares e evitar exposições prolongadas ao sol. Nas crianças pequenas, trocar as fraldas frequentemente, evitando que o contato com a urina e as fezes seja prolongado.

E, se surgirem lesões na pele, consultar um dermatologista para que seja realizado o diagnóstico e tratamento adequado.

×

Powered by WhatsApp Chat

×