Estrias

Estrias são lesões decorrentes de alterações das fibras elásticas da pele que ocorrem por sua distensão exagerada. Podem ocorrer na adolescência, secundárias ao crescimento e ao longo da vida, em consequência, por exemplo, da obesidade, de uma gestação ou, ainda, ganho de massa muscular em curto período de tempo. Pacientes que usaram corticóides em altas doses ou durante períodos prolongados também podem desenvolver estrias.

Clinicamente são observadas lesões atróficas lineares, paralelas, que inicialmente podem ser avermelhadas ou violáceas e evoluem posteriormente para tonalidade esbranquiçada.

O tratamento tem como objetivo melhorar o aspecto estético das lesões, estimulando a produção de colágeno na região. Várias técnicas podem ser empregadas, como o uso de ácidos, peelings, microagulhamento, aparelhos de radiofrequência microagulhada como o Voluderm® (tecnologia também chamada de microagulhamento robótico), laser de CO2 fracionado, dentre outras. A retirada dos fatores desencadeantes, como o controle do peso, e uso de hidratantes apropriados contribuem para prevenir a formação de novas estrias.

×

Powered by WhatsApp Chat

×