Dermatite seborreica

Também conhecida como seborreia ou caspa, trata-se de uma afecção extremamente comum. Apresenta curso crônico, com períodos de piora e melhora. Acomete as regiões ricas em glândulas sebáceas e, eventualmente, áreas intertriginosas (dobras).

Sua causa é desconhecida, mas sabe-se que há predisposição familiar. Identifica-se nas áreas afetadas um fungo, o Pityrosporum ovale, que pode ter papel etiológico. São fatores predisponentes para o desenvolvimento ou piora da dermatite seborreica: calor, umidade, uso de roupas quentes, stress, ingestão de bebidas alcoólicas, HIV, doenças neurológicas.

O quadro clínico se manifesta, em indivíduos adultos, com eritema (vermelhidão) e descamação no couro cabeludo, na face ou em outras áreas como região retro-auricular, tórax mediano, região pubiana e axilar. Existe, ainda, uma forma do lactente, que surge logo nos primeiros meses de vida.

Diagnóstico e tratamento adequados podem ser orientados pelo médico assistente.

×

Powered by WhatsApp Chat

×