Dermatite atópica

Dermatite atópica é uma doença crônica que acomete predominantemente crianças. Caracteriza-se por surtos recorrentes de lesões eczematosas em regiões específicas da pele, além de prurido (coceira).

Nos bebês, essas lesões localizam-se preferencialmente nas bochechas e dobras da pele. Em crianças mais velhas, as lesões acometem as regiões flexoras, como as dobras dos braços e dos joelhos e o pescoço. As lesões podem se manifestar de várias formas: vermelhidão local, vesículas, crostas, descamação ou espessamento da pele.

Esses pacientes apresentam, em muitos casos, asma ou rinite alérgica, sendo que 70% tem antecedentes familiares de atopia.

A dermatite atópica tende a melhorar com o crescimento do indivíduo, sendo que, na maioria dos pacientes, a doença não continua na vida adulta. O principal fator desencadeante da dermatite é a xerose (ressecamento) da pele. Mas, também, o suor pode desencadear coceira e acredita-se que o stress possa desencadear ou agravar os surtos da doença.

Alguns cuidados são essenciais nesses indivíduos:

  • Banhos rápidos com água morna, sabonetes neutros, evitar esponjas.
  • Cremes hidratantes, aplicados preferencialmente após o banho.
  • Uso de roupas leves, preferencialmente de algodão, lavadas com sabões neutros.
  • Evitar exposição a frio ou calor excessivos, stress.

Medicamentos tópicos (como corticóides e imunomoduladores) e orais (como anti-histamínicos e antibióticos) são frequentemente necessários para controlar as crises. Em alguns casos, outras modalidades de tratamentos podem ser indicadas, como a fototerapia.

×

Powered by WhatsApp Chat

×