MICROAGULHAMENTO, IPCA™, MMP™ e DRUG DELIVERY

Microagulhamento ou IPCA™ (indução percutânea de colágeno por agulhas) é uma técnica realizada com roller, um instrumento cirúrgico que apresenta centenas de pequenas agulhas, que produzem microperfurações na pele, com o objetivo de estimular a produção de colágeno. Esses pertuitos também auxiliam a penetração de substâncias terapêuticas nas camadas mais profundas da pele (drug delivery).

Promove o rejuvenescimento da pele, melhorando sua textura, linhas de expressão superficiais, cicatrizes de acne e outras cicatrizes, melasma, estrias e alopecia androgenética. Essa técnica oferece vantagens em relação aos lasers, principalmente no tratamento do melasma e de peles com alto fototipo, que apresentam maior risco de hiperpigmentação após procedimentos. No tratamento das alopecias, é opção terapêutica para acelerar e otimizar o resultado do tratamento convencional.

O procedimento é realizado sob anestesia local ou tópica. Ocorre um discreto sangramento, que cessa em poucos minutos, e vermelhidão, que desaparece em algumas horas. Geralmente, o paciente pode voltar às atividades habituais no dia seguinte ao procedimento, devendo evitar exposição solar durante 30 dias.

É importante saber que os rollers, como todos os instrumentos perfurocortantes, devem ser utilizados uma única vez e descartados. O profissional qualificado tem o conhecimento necessário para realizar o procedimento de maneira correta, evitando complicações, como cicatrizes e infecções. O uso domiciliar destes instrumentos é inadequado.

A MMP™ (Microinfusão de Medicamentos na Pele) é uma modalidade de microagulhamento motorizado. Utiliza-se um aparelho com motor vibratório conectado a uma ponteira com pequenas agulhas, que simultaneamente realizam o microagulhamento e injetam medicamentos na pele, de forma difusa e homogênea. Esta técnica foi desenvolvida por um dermatologista brasileiro, o dr. Samir Arbache. Tem várias indicações, dentre elas destacamos o tratamento da alopecia androgenética (calvície) feminina e masculina, e da leucodermia gutata, também conhecida por sarda branca, relacionada à exposição solar crônica nos braços e pernas, com resultados clínicos geralmente muito bons.

×

Powered by WhatsApp Chat

×